A mitologia Grega, part. 4 – Heróis

introdução:

A mitologia Grega é repleta de estórias e heróis, deuses e criaturas. Nós de as Cronicasdoskane estamos apresentando uma viajem nessa cultura tão rica de detalhes e mitos, que poucos conhecem na integra; Essa é a quarta parte de uma série de posts que vão apresentar a vocês o mundo que os gregos inventaram.

Part. 4 – Heróis

Bom dia para todos! O post de hoje falará sobre os heróis, os personagens mitológicos mais importantes junto com os Deuses. São eles que lutam contra ou pelos deuses; Os deuses sozinhos não podem interferir no rumo da história, por isso eles usam os heróis como peças para fazerem as tarefas que eles não podem executar sozinhos.

Um Herói é um filho de um humano com um deus, ou seja, um semideus. Os heróis ou semideuses nada mais são do que humanos com poderes especiais, normalmente associado a função que eu progenitor divino exerce; Um filho de Poseidon com um Mortal vai ter poder de controlar as águas e de falar com cavalos, um filho de Atena vai ter o poder da inteligência e de fazer escolhas sabias, um filho de Afrodite vai ter a beleza e o poder de atração do sexo oposto…

O herói apesar de ter uma metade divina ele é mortal, por descender do homem. Existe também exceções, como por exemplo, Aquiles, que nasceu mortal, mas foi banhado no rio Estige, o que deu a ele seus poderes.

Os heróis gregos estão situados em períodos, o primeiro deles é o de heróis clássicos, nestes estão Hercules,  Perseu, Teseu, Deucalião e Belerofonte. Depois vem os Argonautas, que traz os heróis que viajaram pelo mundo atrás do Velocino de Ouro. Por último vem a guerra de troia, guerra que realmente aconteceu entre gregos e troianos e traz novos heróis e estórias contadas em Ilíada e em Odisséia, essa fase teve como protagonistas os famosos Ulisses e Aquiles. Também teve períodos intermediários, só que com pouca relevância.

Clássicos:

Hercules – O mais famoso herói grego, nasceu de uma moral com Zeus, seu poder era a força, e com ela realizou uma das mais famosas estórias da mitologia grega, ” Os doze Trabalhos de Hercules”.

Perseu –  É o herói que matou a medusa, filho de Zeus, conhecido pela sua coragem e ousadia, tinha um capacete da invisibilidade e sandálias que o faziam voar.

Teseu – Não era filho de deus nenhum, mas sim do rei de Atenas, nasceu em terras distantes de Atenas, aos dezesseis anos descobriu sua verdadeira identidade, e decidiu ir para Atenas, durante sua jornada para assumir o trono de seu reino, enfrenta monstros, entre eles o minotauro.

Deucalião – Esse não realizou nenhum feito heróico, mas é bom citá-lo pela importância de seu conto, nele a terra tinha sido alagada, e os únicos sobreviventes foram Deucalião e sua mulher, Pirra. Isso só foi possível por que o pai de Deucalião, prometeu, avisou sobre o dilúvio e mandou eles contraírem uma arca( aqui notamos a semelhança com o conto Bíblico), que arcou no monte Parnaso, onde tinha um deus/oráculo que explicou a eles como repovoar a terra.

Belerofonte – matou a quimera, possuía Pegaso( o cavalo Voador). Detentor de vários feitos,  se julgou  digno o bastante para visitar o Olimpo; Zeus ficou ofendido de ele ter ido para o Olimpo sem convite, mandou um escorpião para matar Pegaso. Belerofonte morreu como mendigo procurando por Pegaso.

Os Argonautas :   

Jasão – Líder dos argonautas, ele que guia eles em suas aventuras.

Orfeu – Abençoado por Apolo com o dom da musica, Orfeu participou da expedição os argonautas, e tambem foi um dos dois mortais que viajaram pelo reino dos mortos e voltaram vivos ( o outro foi Hercules ). Orfeu tinha perdido a mulher, então resolveu ir ao sub-mundo buscala, ele conseguiu voltar vivo por que acalmara as ameaças do caminho com sua bela música.

Castor e Pólux – No mito, os gêmeos partilham a mesma mãe, porém têm pais diferentes – o que significa que Pólux, por ser filho de Zeus, era imortal, enquanto Castor não o era. Com a morte deste, Pólux pediu a seu pai que deixasse seu irmão partilhar da mesma imortalidade, mas Como Zeus, seu pai, não podia convencer Hades, o deus dos mortos a trazer Castor de volta à vida, ficou decidido que os dois irmãos passariam metade do ano nos infernos, e outra metade no Olimpo. Existe outra versão na qual Zeus transforma Castor e Pólux na constelação de Gêmeos.

 Guerra de troia : 

Aquiles – Maior guerreiro da mitologia grega, quando nasceu foi banhado no Rio Esfige, o que garantiu a ele poderes como inteligência, força e habilidade de combate,o único ponto fraco era o calcanhar, que foi acertado por Paris.

Ulisses – É um dos mais ardilosos guerreiros de toda a epopéia grega, ele foi quem teve a ideia do cavalo de troia, e durante a Odisséia, Poseidon tentou matá-lo, mas ele atravessou oceano inteiro até chegar em sua ilhe natal, e todas as tentativas que Poseidon fez para matá-lo falharam.

existe um número enorme de heróis de certa importância que poderiam ser citado aqui, mas esse post já tá grande de mais. Eu sei que tinha dito que iria colocar dois posts quarta, mas esse post ocupou minha tarde intera, o próximo post só no fim de semana. Os assuntos de Guerra de Troia e Argonautas ganharão post próprios em breve.Obrigado a todos!

Anúncios